Égua Paulo Matias
  • Artigo visto 1297 vezes

World Stoppy Record Guinness

World Stoppy Record Guinness, mais conhecido entre nós como “égua”, uma manobra realizada numa moto que consiste em andar apenas com a roda da frente e a de trás no ar, sem tocar no solo. Para isso o piloto tem que delicadamente e de forma precisa fazer uma travagem controlada com o travão da frente.

Craig Jones  piloto Inglês foi o primeiro piloto de Stunt Riding a fazer essa proeza em 2003 com uma distancia percorrida de 240 metros, entre nós  o piloto Português, Paulo Matias tentou seguir a façanha e conseguiu realizar a marca de 260 metros, o equivalente a mais de três estádios de futebol e com uma velocidade inicial da manobra de 220km/h… Vertiginoso, algo que só se realiza com muito treino e talento.

Craig Jones em 2006 não quis ficar atrás e por duas vezes superou essa marca, 266 na primeira e 305 metros na sua ultima tentativa, que ainda hoje vigora  no Record Guinness.

Muitos são os factores físicos e climatéricos que tem que estar perfeitos no dia de tal proeza, o vento, a inclinação, comprimento da pista entre outros para não acontecer o que demonstramos no vídeo seguinte:

“16ª Concentração Invernal “Lobos da Neve” 2004, que se realiza na Covilhã nos próximos dias 27,28 e 29 de Fevereiro. Em relação ao programa, salientamos o facto de na sexta-feira haver já um bom cartaz de espectáculos com espectáculos de Freestyle e a banda “Los Padrinhos”, a organização terá as inscrições abertas toda a noite.

No sábado destacamos o 5º Bike Show (Prize Money), a tentativa de recorde mundial de égua com o Piloto Paulo Matias, espectáculos de Acrobacias e Freestyle, e os “Quinta do Bill” para animar a noite além dos indispensáveis shows de strip tease. A estrutura tamb (…) ém se alterou um pouco havendo mais espaço coberto, a mega Fogueira, uma discoteca, a feira motard e como não podia faltar a já tradicional Gastronomia.

“Texto: MC Covilhã”

Partilha este artigo

Jorge Almeida Invencível, 15 anos Campeão Nacional perícia/slalom

Próximo artigo »

António Santos, o dom da fotografia!